Trazendo as canções de resistência do Brasil a Londres: palavras e música em tradução

  • David Treece King's College London
Palavras-chave: Brasil, ditadura, linguagem, lírico, protesto, resistência, canção, tradução

Resumo

No contexto da crise brasileira pós-2016, o artigo investiga como um repertório de canções dos anos 1960 e 1970 pode ainda transmitir noções de resistência à repressão e ao autoritarismo através de meio século de história e através da distância cultural e linguística entre Brasil e Londres. Ele examina o potencial da tradução de canções para mediar esse processo, ao refletir brevemente num projeto prático, interativo e de base performativa realizado com públicos londrinos em 2017, intitulado “The São Paulo Tapes: Brazilian Resistance Songs Workshops”. Depois de esboçar uma tipologia temática e estilística para os primeiros anos do regime militar, passa a argumentar que o período de recrudescimento repressivo pós-1968 marcou a mudança da canção de protesto para aquela de resistência, cuja linguagem poético-musical se tornou nitidamente lírica, e que esse traço teria necessariamente que se refletir no trabalho do tradutor.

Referências

Melhores vídeos que viralizaram pedindo “Fora, Temer”. Brasil de Fato, São Paulo, 19 July 2016. On-line. Available at: <https://goo.gl/AxZVKG>. Accessed on 22 Oct. 2017.

Cahe Rodrigues defende enredo da Imperatriz para o Carnaval 2017 sobre o povo Xingu. Carnavalesco, [S.l.], 7 Jan. 2017. On-line. Available at: <https://goo.gl/ZAMvSR>. Accessed on 22 Oct. 2017.

Contra Temer, Geraldo Azevedo emociona público ao relembrar música de protesto. Revista Forum, Santos, 18 July 2016a. On-line. Available at: <https://goo.gl/wbp3UF>. Accessed on 22 Oct. 2017.

Em Ato em SP, Lula diz estar mais sereno do que magistrados que irão julgá-lo. Folha de S. Paulo, São Paulo, 19 Jan. 2018. Available at: <https://goo.gl/baVcvC>. Accessed on 8 Apr. 2018.

Galvão, Walnice Nogueira. MMBP: uma análise ideológica. In: Galvão, Walnice Nogueira. Saco de gatos: ensaios críticos. São Paulo: Duas Cidades, 1976. p. 93-96.

João Bosco reprova alusão ao “Hino da Anistia” em nome de operação da PF. Notícias UFMG, Belo Horizonte, 7 Dec. 2017. Available at: <https://goo.gl/NUpYa5>. Accessed on 8 Apr. 2018.

Lipsitz, George. Dangerous crossroads: popular music, postmodernism, and the poetics of place. London; New York: Verso, 1994.

Marc, Isabelle. Travelling songs: on popular music transfer and translation. IASPM@Journal, [S.l.], v. 5, n. 2, p. 3-21, 2015.

Martín, María. Caetano Veloso abraça o movimento anti-Temer. El País, Rio de Janeiro, 23 May 2016. On-line. Available at: <https://goo.gl/jTzwP4>. Accessed on 22 Oct. 2017.

Martins, Alexandra. “Ataque de conservadores autoritários”. Estadão, São Paulo, 6 Dec. 2017. On-line. Available at: <https://goo.gl/RDCCPx>. Accessed on 8 Apr. 2018.

Pring-Mill, Robert. The roles of revolutionary song: a Nicaraguan assessment. Popular Music, Cambridge, v. 6, n. 2, p. 179-189, 1987.

Rap da greve: “PEC da decadência, reforma da Previdência, chega dessa indecência.” Rede Brasil Atual, [S.l.], 27 Apr 2017. On-line. Available at: <https://goo.gl/JC8Pg3>. Accessed on 22 Oct 2017.

Rocha, Jan. Heading for impeachment. Latin America Bureau, 2 Apr. 2016. Online. Available at: <https://lab.org.uk/heading-for-impeachment/>. Accessed on 22 October 2017.

Santhiago, Ricardo. Flowers made of lead: paths, times, and emotions of protest music in Brazil. In: Friedman, Jonathan C. (Ed.). The Routledge history of social protest in popular music. New York: Routledge, 2013. p. 291-303.

Tatit, Luiz. O cancionista: composição de canções no Brasil. São Paulo: Edusp, 1996.

Treece, David. Brazilian jive: from samba to bossa and rap. London: Reaktion, 2013.

Treece, David. Guns and roses: bossa nova and Brazil’s music of popular protest, 1958-68. Popular Music, Cambridge, v. 16, n. 1, p. 1-29, 1997.

Treece, David. Não tem tradução? Tom e Vinicius em inglês. In: Matos, Cláudia Neiva de; Medeiros, Fernanda Teixeira; Oliveira, Leonardo Davino de (Eds.). Palavra cantada: estudos transdisciplinares. Rio de Janeiro: Eduerj, 2015. p. 113-25.

Vasconcelos, Mônica. The São Paulo tapes. Produced by Robert Wyatt. [S.l.]: Mônica Vasconcelos, 2017.

Williams, Raymond. Marxism and literature. Oxford: Oxford University Press, 1977.

Publicado
2018-08-30
Como Citar
TREECE, D. Trazendo as canções de resistência do Brasil a Londres: palavras e música em tradução. Veredas: Revista da Associação Internacional de Lusitanistas, n. 27, p. 68-84, 30 ago. 2018.