Roma pelos olhos de Cecília Meireles

  • Delvanir Lopes
Palavras-chave: Cecília Meireles, Itália, Roma, Poemas italianos

Resumo

Cecília Meireles é poetisa-viajante. Quando voltava da viagem à Índia, fez uma parada de cerca de dois meses na Itália. Nesse curto período, percorreu diferentes regiões, entre elas: Roma, Nápoles, Pompeia, Sorrento, Florença e Milão. Dos lugares em que esteve, Roma parece ter sido o mais especial, tanto que a escritora alimentava sempre o desejo de retornar à “cidade eterna”. Este estudo propõe-se a visitar alguns dos locais em que a viajante esteve e quais as impressões que ela teve e que resultaram, muitos deles, em poemas presentes na obra dedicada à Itália: Poemas italianos.

Referências

Armellini, Mariano. Le chiese di Roma: dalle loro origini sino al secolo XVI. Roma: Romana, 1887.

Polidoro, Massimo. L’avventura del Colosseo. Milano: Piemme, 2016.

Bloch, Pedro. Vida, pensamento e obra de grandes vultos da cultura brasileira: entrevistas. Rio de Janeiro: Bloch, 1989.

Diário de Notícias, Rio de Janeiro: 25 mar. 1958. Segunda Seção.

Harris, W. V. The Ancient Mediterranean environment between science and history. Leiden; Boston: Brill, 2013.

A Noite. Rio de Janeiro, 15 abr. 1953, p. 5.

Marafon, Glaucio José; Sotratti, Marcelo Antonio; Faccioli, Marina. Turismo e território no Brasil e na Itália: novas perspectivas, novos desafios. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2014.

Meireles, Cecília. Poesia completa. São Paulo: Global, 2017.

Meireles, Cecília. Nostalgie Romane — Saudades Romanas. Introduzione e traduzione di Mercedes La Valle. Palermo; São Paulo: Italo-Latino-Americana Palma, 1991.

Meireles, Cecília. Poemas italianos. Tradução de Edoardo Bizzarri. São Paulo: Instituto Ítalo-Brasileiro, 1968.

Meireles, Cecília. Uma hora em San Gimignano. Diário de Notícias, Rio de Janeiro, Suplemento Literário, 13 maio 1956.

Meireles, Cecília. Da ruiva Siena. Diário de Notícias, Rio de Janeiro, Suplemento Literário, p. 1, 29 abr. 1956.

Meireles, Cecília. “Quando a vaga beija o vento...” Diário de Notícias, Suplemento Literário, 1º abr. 1956.

Meireles, Cecília. Saudades futuras. Diário de Notícias, Rio de Janeiro, Suplemento Literário, 19 fev. 1956.

Meireles, Cecília. O habitante de Caracalla. Diário de Notícias, Rio de Janeiro, Suplemento Literário, 29 jan. 1956.

Meireles, Cecília. De Chirico. Diário de Notícias, Rio de Janeiro, Suplemento Literário, 1º jan. 1956.

Meireles, Cecília. Navegação por antologias. Diário de Notícias, Rio de Janeiro, Suplemento Literário, 4 dez. 1955.

Meireles, Cecília. “Nem sempre”... Diário de Notícias, Rio de Janeiro, 20 nov. 1955.

Meireles, Cecília. Piazza di Spagna, 26. Diário de Notícias, Rio de Janeiro, Suplemento Literário, 6 nov. 1955

Meireles, Cecília. Minas em Roma. Diário de Notícias, Rio de Janeiro, Suplemento Literário, 25 set. 1955.

Meireles, Cecília. Roma, turistas e viajantes. Diário de Notícias, Rio de Janeiro, Suplemento Literário, 11 set. 1955.

Meireles, Cecília. Todos os caminhos. Diário de Notícias, Rio de Janeiro, Suplemento Literário, 14 ago. 1955.

Sachet, Celestino (Org). A lição do poema: cartas de Cecília Meireles a Armando Côrtes-Rodrigues. Ponta Delgada: Instituto Cultural de Ponta Delgada, 1998.

Publicado
2019-05-09
Como Citar
LOPES, D. Roma pelos olhos de Cecília Meireles. Veredas: Revista da Associação Internacional de Lusitanistas, n. 29, p. 20-39, 9 maio 2019.
Seção
Artigos