Para além do romance: a textualidade em Maria Gabriela Llansol
Veredas 38
PDF

Palavras-chave

Maria Gabriela Llansol, textualidade, narratividade, dom poético.

Como Citar

WOUTERS, W. Para além do romance: a textualidade em Maria Gabriela Llansol. Veredas: Revista da Associação Internacional de Lusitanistas, [S. l.], n. 38, p. 164–179, 2023. DOI: 10.24261/2183-816x1238. Disponível em: https://revistaveredas.org/index.php/ver/article/view/752. Acesso em: 22 fev. 2024.

Resumo

A escritora portuguesa Maria Gabriela Llansol, em discurso para receber o prêmio de melhor romance teve que justificar porque sua obra cabia naquela categoria, uma vez que nem a própria Llansol considerava o livro como exemplo do gênero. A partir disso, pode-se entender porque tanto a crítica especializada quanto os leitores comuns apresentaram dificuldades de encaixar esse texto nas convenções da literatura conhecida. Dessa forma, este artigo busca, a partir de o discurso da autora, abordar os conceitos de narratividade, textualidade e dom poético, centrais para a dinâmica dessa escrita e para a compreensão da inserção dela em meio à linhagem do gênero romance. Como suporte teórico, a presente análise se ancora na fenomenologia, sobretudo na perspectiva de José Gil (1992) e Maria Etelvina Santos (2009).

https://doi.org/10.24261/2183-816x1238
PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Winnie Wouters