[1]
M. Silva e L. O. Zolin, Entre fragmentações identitárias e estruturais: o romance contemporâneo de Adriana Lisboa, VAIL, nº 30, p. 147–160, ago. 2019.