[1]
C. Silva, “Apreensão do ódio e da violência em Gog Magog, de Patrícia Mel”o, VAIL, nº 37, p. 87-102, set. 2022.