Dobrando a esquina: deslocamentos urbanos em Samuel Rawet e Ferréz

  • Regina Dalcastagné Universidade de Brasília;CNPq
  • Laeticia Jensen Universidade de Brasília

Resumo

Este artigo realiza um estudo comparado entre o conto «Crônica de um vagabundo» (1967), de Samuel Rawet, e o romance Deus Foi Almoçar (2012), de Ferréz. A leitura é norteada pela questão da errância, presente em ambas as obras e manifestando-se em vários estratos, que compõem a logicidade estrutural dos textos, construindo um todo significativo.

Biografia do Autor

Regina Dalcastagné, Universidade de Brasília;CNPq
Regina Dalcastagnè é Professora titular de Literatura Brasileira da Universidade de Brasília e pesquisadora do CNPq.

Laeticia Jensen, Universidade de Brasília
Laeticia Jensen Eble é Doutoranda em Literatura na Universidade de Brasília e professora substituta na mesma instituição.
Publicado
2016-05-23
Como Citar
DALCASTAGNÉ, R.; JENSEN, L. Dobrando a esquina: deslocamentos urbanos em Samuel Rawet e Ferréz. Veredas: Revista da Associação Internacional de Lusitanistas, n. 20, p. 115-128, 23 maio 2016.
Seção
Artigos