No dossiê apresentado nesta edição, o tema Direitos humanos, leitura e literatura é abordado de diferentes perspectivas, teóricas e empíricas. O que pretendemos é que, em tempos de recrudescimento de forças contra a democracia e de questionamento dos parâmetros constitucionais, a leitura literária, especializada ou não, é também dispositivo de resistência e denúncia.

(Edma de Góis, da Apresentação)

Publicado: 2021-03-01

Expediente